quinta-feira, 13 de abril de 2017

Visita Guiada à Cidadela e ao Palácio Presidência da República em Cascais



Mais um programa da RTP muito interessante sobre a Cidadela e o Palácio da Presidência da República em Cascais da autoria da Paula Moura Pinheiro.

terça-feira, 11 de abril de 2017

Mais um bom livro sobre o setor imobiliário da autoria de Massimo Forte

COMUNICAR PARA VENDER | Tudo sobre a comunicação na Mediação Imobiliária.











"O dia 18 de Abril foi a data escolhida para o lançamento do segundo livro de Massimo Forte, COMUNICAR PARA VENDER, tudo sobre a comunicação na mediação imobiliária.
Depois da sua primeira publicação, Angariar para Vender, que já vendeu cinco edições em menos de dois anos, neste livro, Massimo Forte explora tudo o que pode saber sobre a melhor forma de comunicar na área da Mediação Imobiliária.
Ao longo de quatro partes, divididas por 15 capítulos, vai poder aprender sobre a importância do autoconhecimento no processo da venda, como pode comunicar melhor com os outros, e como deve comunicar para vender.
São múltiplos os exemplos e os testemunhos que dão vida a um texto que qualquer Agente Imobiliário ou interessado no tema deve ler.
Escrito de uma forma muito clara e fácil de assimilar, o conteúdo está cheio de dicas e conselhos de Massimo Forte e de outros depoimentos de referência neste mercado.
Com base nos ensinamentos da Programação Neurolinguística, Massimo Forte adapta todos os passos desta técnica para melhorar a comunicação na atividade de Mediação Imobiliária, transmitindo todo o conhecimento acumulado de anos, e a experiência como formador reconhecido na área. As 312 páginas cobrem não só a comunicação durante o processo de venda, como também na prospeção, negociação, decisão de compra, e, por fim, no recrutamento.
Um livro a não perder para quem quer conhecer tudo sobre a comunicação na Mediação Imobiliária, um negócio que o autor considera que será sempre “de pessoas para pessoas”.
Título original: COMUNICAR PARA VENDER | Tudo sobre a Comunicação na Mediação Imobiliária
Autor: Massimo Forte | www.massimoforte.com
Edição: Sabedoria Alternativa – Projetos de consultoria à medida na área da edição | www.sabedoriaalternativa.pt 
Para mais informações: www.massimoforte.com | massimo@massimoforte.com | + 351 91 761 83 79
TESTEMUNHOS
COMUNICAR PARA VENDER | Tudo sobre a comunicação na Mediação Imobiliária
“O conteúdo para o qual fui convidado a comentar insere-se numa das minhas áreas preferidas. Toda e qualquer atividade comercial é essencialmente uma construção de pontes entre pessoas. Mesmo quando realizamos interações comerciais de forma digital, por trás do equipamento que utilizarmos, estará uma pessoa. O mercado deve muito ao Massimo Forte, ao seu profissionalismo, forma de ser e estar.”
João Catalão, Coach e Mentor de Executivos. Empresário, Docente e Autor
“Ter clientes satisfeitos que confiam no profissional que o serviu é uma fonte infindável de negócio. A mais fiel e económica possível. Estes são aqueles clientes que estão dispostos a dar-lhe todas as referências de novos potenciais clientes que lhes pedir. (…) a comunicação não pode ser só utilizada para chamar a atenção e captar prospects com base numa promessa. É chave na manutenção do contacto com os clientes no futuro.”
Pedro Pereira, Diretor de Marketing da UCI Portugal
“Estamos formatados para acreditarmos mais naquilo que vimos do que naquilo que ouvimos, por isso, se o discurso não for congruente com o ambiente físico, este pode condicionar fortemente o nosso processo de decisão. Estou certo de que a leitura deste livro será uma mais-valia nos processos de comunicação.”
Rui Mergulhão Mendes, Expert Trainer in Communication & Master Profiler
“Cada um faz o seu caminho e teremos de respeitar. Nós apenas somos responsáveis pelo nosso percurso. Desde que passei a definir prioridades, tudo na minha vida começou a fluir de uma forma diferente. Massimo Forte, fico muito grata pelo convite e pela oportunidade desta partilha.”
Mónica Silva, Broker RE/MAX GAP, Formadora e mãe
“Neste livro, o Massimo Forte conseguiu agrupar de uma forma clara e personalizada à mediação imobiliária a essência do autoconhecimento visto pelo prisma da PNL, e assim criou mais uma alavanca para elevar a profissão de agente imobiliário para o nível que merece.”
João Paleta, Responsável da Formação da Keller Williams Portugal"

Museus de Cascais - Museu Condes Castro Guimaraes - Cascais -Parte II

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Museus de Cascais - Museu Condes Castro Guimaraes - Cascais -Parte I



Mais um Museu de Cascais que merece uma visita.

AS MELHORES PRÁTICAS DOS AGENTES DE TOPO!

"Se eu estivesse no seu lugar, diria que os primeiros passos a pôr em prática para se tornar num Agente de Topo seriam:
  1. Contratar um Coach que me ajudasse a escalar cada fase da minha evolução;
  2. Fazer um curso prático de PNL – Programação Neurolinguística para conhecer e aplicar técnicas que me permitissem melhorar a minha relação com pessoas.
Eu sei, para alguns parece uma realidade muito distante, é por isso que este artigo está mais direcionado para Agentes que se encontram já numa fase muito experiente, e que sabem que têm de dar o próximo passo para fazer evoluir a sua carreira para se tornarem em Agentes de Topo.
Para que esta evolução aconteça têm de procurar aperfeiçoar a técnica, mas acima de tudo, têm de saber trabalhar o seu mindset.
Depois desta consciencialização, entram os passos que todos sabem que têm que continuar a dar, e que por vezes não dão…A consistência na prospeção é um deles, não basta ter um plano, será necessário que o seu plano esteja diretamente ligado aos seus objetivos, mais ainda, ao seu propósito, caso contrário é fácil perder a sentido na base do negócio deixando de fazer prospeção, e se isto acontecer, nunca se tornará num Agente de Topo.
Depois vem a preparação, que é muito para além da experiência, da formação e do treino, pressuponho que já sabem que estou a falar da preparação para casos específicos, como uma reunião, um fecho de uma venda, uma primeira visita de qualificação. Lembrem-se, por mais experiência e formação que tenham, a preparação é sempre indispensável. As distrações vão sempre acontecer é inevitável, somos humanos e por isso será fundamental estarem preparados, por vezes bastam 15 minutos de preparação para evitarem possíveis erros que levariam à não angariação, ou mesmo à falha num fecho de uma venda.
“Se acreditas que és um Agente de Topo, é porque és”. Acreditar na vossa pessoa e nas vossas capacidades é fundamental. Se acreditam e já testaram com sucesso o vosso sistema, se acreditam na forma como fazem as coisas, e assumiram um compromisso convosco mesmos em seguir sempre o vosso sistema, então vão ser ou já são um Agente de Topo.
A mente comanda efetivamente o corpo, tudo deve ser medido e pensado, devem manter o foco no resultado e seguir religiosamente o sistema que definiram e testaram de forma eficiente para que se tornem altamente eficazes.
A observação de Agentes de Topo é fundamental, mas não os medíocres ou médios, ou mesmo os bons. Um Agente de Topo apenas deve observar os que operam na excelência. Vão à procura de quem partilha estas experiências a um nível muito elevado e modelem as suas competências.
Os Agentes de Topo sabem que para haver alavancagem, terão sempre de delegar, e para isso, têm de ter à sua volta pessoas que os ajudam, assim sendo, aprendem desde cedo a recrutar: primeiro assistentes; e depois Agentes, que são normalmente dedicados a clientes compradores. Mas o mais importante neste ponto é que os Agentes de Topo agem como um líder, e não como um chefe, inspiram, não mandam.
Estão sempre em formação e atualização constante, mas acima de tudo praticam muito para conseguirem chegar à mestria. Pode demorar algum tempo, mas quando lá chegam, os benefícios tornam-se elevadíssimos.
Sabem que a sua persistência é tudo e usam sabiamente a tecnologia a seu favor sem serem intrusivos. Têm planos de redes sociais, têm sistemas informáticos que os ajudam a fazer o follow-up do seu negócio, utilizam somente os melhores sites/portais, e têm como grande ferramenta a sua base de dados com quem comunicam no online, mas nunca se esquecem de que é no offline, ou seja, no contacto direto que está o cerne do seu negócio.
Quando preparam um estudo de mercado e um plano de marketing, sabem que ambas as ferramentas estão interligadas, e sabem que 80% do sucesso de um plano de marketing reside em primeiro lugar num bom preço de mercado, pois sabem que quando o preço está fora de mercado, nem vale a pena investir.
Treinam todos os dias o seu sistema, em especial os seus guiões. Têm uma boa apresentação de serviços, que devido ao treino já está memorizada, aliás, mais do que isso, está enraizada na sua mente. Todos os dias fazem role plays para treinar a sua equipa, dando assim o exemplo.
Face ao dia-a-dia da sua atividade, algumas práticas interessantes:
  • Emails. Muitos utilizam respostas feitas através do assistente, ou mesmo respostas automáticas, alguns até já recorrem à inteligência artificial para o fazer, utilizando programas que interpretam o email do cliente e respondem automaticamente ao seu conteúdo específico a partir de guidelines pré-definidas;
  • Tempo. Recebem e fazem coaching, tarefas que consideram essencial, por isso bloqueiam tempo para estas atividades de alto rendimento. Prospetam todos os dias de manhã, ou seja, em média passam 3 horas por dia a fazê-lo. Fazem reuniões diárias mas curtas com a sua equipa, e fazem depois reuniões semanais em separado com cada elemento. Começam sempre muito cedo, mas normalmente não terminam muito tarde. Criam hábitos de utilização de agenda, executam rotinas de atividades de produção, trabalham sempre com o objetivo de eficiência;
  • Métricas. Tudo é medido de forma constante e consistente, o acesso à informação é rápido, embora tenham normalmente uma noção clara do que devem ser os seus números. Na medição de métricas têm uma máxima: “ vou inspecionar o que é suspeito”. Em relação às métricas da equipa, trabalham em total transparência, e por isso o controle é uma coisa normal e assumida, princípio básico de gestão.
  • Prospeção. A prospeção é a tarefa mais importante, é a base de tudo. Fazem de todas as formas, mas dão grande importância aos seguintes pontos:
o   Cdi – Circulo de Influência;
o   Base de dados de clientes;
o   Recomendações.
Concluindo, um Agente de Topo encara o erro como pude de resto aprender em Pnl onde existe a célebre frase: “não há erro, tudo é feedback”. Por esta razão os Agentes de Topo não se queixam dos erros, obtêm antes uma análise do que aconteceu, alteram, e corrigem para melhorar o seu desempenho. Não há desculpas, porque o propósito está acima de tudo.
E aqui têm o que considero que são as principais dicas para se tornar num Agente de Topo!
Este artigo teve como base o testemunho de 4 Agentes de Topo numa das workshops que assisti na Family Reunion da Keller Williams em Las Vegas nos Estados Unidos." (Massimo Forte)